Home » O Casamento » Origem das tradições de casamento

Origem das tradições de casamento

Afinal, por que os casamentos têm tantas tradições?

1. A origem das madrinhas:

As madrinhas são simplesmente suas melhores amigas, que estão lá para ajudá-la no seu grande dia, certo? Errado.Originalmente, as madrinhas deveriam se vestir de forma semelhante à noiva para confundir ex-namorados ou espíritos malignos. Essa é a parte boa sobre os espíritos malignos — é fácil confundi-los.

W. G. Phillips / Getty Images

As madrinhas são simplesmente suas melhores amigas, que estão lá para ajudá-la no seu grande dia, certo?

Errado.

Originalmente, as madrinhas deveriam se vestir de forma semelhante à noiva para confundir ex-namorados ou espíritos malignos. Essa é a parte boa sobre os espíritos malignos — é fácil confundi-los.

Qual delas é a noiva? Se você não sabe, o demônio também não.

No Império Romano, as madrinhas acompanhavam a noiva se ela tivesse que viajar para outra cidade ou aldeia onde o noivo morasse. Este grupo maior tinha a intenção de manter a noiva a salvo de ataques de ladrões ou sequestradores.

Hulton Archive / Getty Images

No Império Romano, as madrinhas acompanhavam a noiva se ela tivesse que viajar para outra cidade ou aldeia onde o noivo morasse. Este grupo maior tinha a intenção de manter a noiva a salvo de ataques de ladrões ou sequestradores.

2. A origem dos padrinhos:

Em algumas culturas, os homens "sequestravam" ou "roubavam" suas noivas (se a família não aprovasse a união).Originalmente, os padrinhos deveriam ser fortes e ter boas habilidades de luta, já que o noivo pedia a ajuda deles para lutar contra qualquer um que se opusesse ao sequestro da noiva.Além disso, os padrinhos ficavam ao lado do noivo para garantir que a noiva não tentasse fugir durante a cerimônia de casamento.

Topical Press Agency / Getty Images

Em algumas culturas, os homens “sequestravam” ou “roubavam” suas noivas (se a família não aprovasse a união).

Originalmente, os padrinhos deveriam ser fortes e ter boas habilidades de luta, já que o noivo pedia a ajuda deles para lutar contra qualquer um que se opusesse ao sequestro da noiva.

Além disso, os padrinhos ficavam ao lado do noivo para garantir que a noiva não tentasse fugir durante a cerimônia de casamento.

3. A origem do vestido branco:

As mulheres usam branco para simbolizar a pureza, certo? Errado. Na verdade, o vestido de casamento branco é uma invenção relativamente moderna. Antes de meados de 1800, as noivas tradicionalmente usavam vermelho (e ainda usam em diversos lugares do mundo).

Kerkla / Getty Images

As mulheres usam branco para simbolizar a pureza, certo? Errado. Na verdade, o vestido de casamento branco é uma invenção relativamente moderna. Antes de meados de 1800, as noivas tradicionalmente usavam vermelho (e ainda usam em diversos lugares do mundo).

Então por que o vestido branco? Aí é que entra a Rainha Victoria, do Reino Unido.

Victoria decidiu usar um vestido branco em seu casamento com o príncipe Albert simplesmente porque gostava da cor. No início, as pessoas ficaram chocadas. Mas, em vinte anos, os vestidos brancos viraram moda e as mulheres de alta classe passaram a usá-los para ostentar sua riqueza. Então você pode usar o que preferir. Victoria fez isso e começou uma moda que durou 180 anos.

Hulton Archive / Getty Images

Victoria decidiu usar um vestido branco em seu casamento com o príncipe Albert simplesmente porque gostava da cor.

No início, as pessoas ficaram chocadas. Mas, em vinte anos, os vestidos brancos viraram moda e as mulheres de alta classe passaram a usá-los para ostentar sua riqueza.

Então você pode usar o que preferir. Victoria fez isso e começou uma moda que durou 180 anos.

4. A origem do buquê da noiva:

As noivas da Grécia Antiga usavam grinaldas de hortelã e calêndula, que deveriam funcionar como um afrodisíaco. Além disso, também usavam ramalhetes de ervas para afastar o mal.

Fottodk / Getty Images

As noivas da Grécia Antiga usavam grinaldas de hortelã e calêndula, que deveriam funcionar como um afrodisíaco. Além disso, também usavam ramalhetes de ervas para afastar o mal.

5. A origem do véu da noiva:

A obsessão dos nossos antepassados com espíritos malignos também deu origem ao véu da noiva.Originalmente, as noivas usavam véus para protegê-las de espíritos ciumentos e para ajudá-las a continuar recatadas.Dizia-se que as noivas eram protegidas do "mau olhado" e confundiam o diabo quando usavam véus. Na Grécia, o véu normalmente era amarelo e, em Roma, vermelho. Ambas as cores tinham a intenção de representar o fogo para afastar espíritos malignos. Em algumas culturas, o véu servia para manter a identidade da noiva em segredo em casamentos arranjados.

Hulton Archive / Stringer

A obsessão dos nossos antepassados com espíritos malignos também deu origem ao véu da noiva.

Originalmente, as noivas usavam véus para protegê-las de espíritos ciumentos e para ajudá-las a continuar recatadas.

Dizia-se que as noivas eram protegidas do “mau olhado” e confundiam o diabo quando usavam véus. Na Grécia, o véu normalmente era amarelo e, em Roma, vermelho. Ambas as cores tinham a intenção de representar o fogo para afastar espíritos malignos.

Em algumas culturas, o véu servia para manter a identidade da noiva em segredo em casamentos arranjados.

6. A origem da lua de mel:

Alguns dizem que a lua de mel é da época de quando os casamentos eram celebrados após um sequestro. O marido teria que se esconder (e esconder a esposa) por cerca de um mês após o sequestro para evitar que a comunidade da mulher a resgatasse.

http://<a href=”Photos.com” target=”_blank”>Photos.com</a> / Getty Images

Alguns dizem que a lua de mel é da época de quando os casamentos eram celebrados após um sequestro. O marido teria que se esconder (e esconder a esposa) por cerca de um mês após o sequestro para evitar que a comunidade da mulher a resgatasse.

1996-98 Accusoft Inc., All Rights Reserved / Getty Images

7. A origem das alianças de casamento:

As alianças de casamento têm uma origem um pouco menos assustadora.As alianças eram usadas no anular, pois se acreditava que este dedo tinha uma veia que ia direto até o coração. Em latim, esta veia era chamada de "vena amoris", que significa a veia do amor.

Marcart / Getty Images

As alianças de casamento têm uma origem um pouco menos assustadora.

As alianças eram usadas no anular, pois se acreditava que este dedo tinha uma veia que ia direto até o coração. Em latim, esta veia era chamada de “vena amoris”, que significa a veia do amor.

Historicamente, a aliança da noiva também significava propriedade.

Acredita-se que no início das culturas romana, grega e judaica, as alianças eram uma maneira de pagar o pai da noiva.Só depois as alianças passaram a ser trocadas entre os noivos.

Hulton Archive / Getty Images

Acredita-se que no início das culturas romana, grega e judaica, as alianças eram uma maneira de pagar o pai da noiva.

Só depois as alianças passaram a ser trocadas entre os noivos.

8. A origem do pai levando a noiva até o altar:

Essa tradição surgiu na época em que se acreditava que a mulher era propriedade do homem.O pai "entregando" a noiva simbolizava a transferência de propriedade dela, passando de seu pai (ou outro parente homem) para seu futuro marido.

Keystone / Getty Images

Essa tradição surgiu na época em que se acreditava que a mulher era propriedade do homem.

O pai “entregando” a noiva simbolizava a transferência de propriedade dela, passando de seu pai (ou outro parente homem) para seu futuro marido.

9. A origem dos noivos não se verem antes do casamento:

Esta tradição foi iniciada com os casamentos arranjados, quando acreditava-se que, se a noiva e o noivo se vissem antes do grande dia, teriam tempo suficiente para cancelar o casamento.

Hulton Archive / Getty Images

Esta tradição foi iniciada com os casamentos arranjados, quando acreditava-se que, se a noiva e o noivo se vissem antes do grande dia, teriam tempo suficiente para cancelar o casamento.

10. A origem de carregar a noiva no colo ao entrar no quarto:

Supostamente, a noiva precisava mostrar que não estava contente por ter que deixar a casa de seu pai, e o noivo precisava forçá-la a entrar.Também pode ser que a noiva fosse carregada para evitar que espíritos malignos entrassem em seu corpo através das solas de seus pés.

Central Press / Getty Images

Supostamente, a noiva precisava mostrar que não estava contente por ter que deixar a casa de seu pai, e o noivo precisava forçá-la a entrar.

Também pode ser que a noiva fosse carregada para evitar que espíritos malignos entrassem em seu corpo através das solas de seus pés.

11. A origem do primeiro beijo:

Era costume para um padre, após realizar uma cerimônia de casamento, dar um "beijo de paz" sagrado no noivo, que passava o beijo para a noiva. Depois o clérigo beijava todas as madrinhas e padrinhos. Praticamente um beijaço na igreja.

L. R. Legwin / Getty Images

Era costume para um padre, após realizar uma cerimônia de casamento, dar um “beijo de paz” sagrado no noivo, que passava o beijo para a noiva. Depois o clérigo beijava todas as madrinhas e padrinhos. Praticamente um beijaço na igreja.

Este post foi traduzido do inglês.

Deixe um Comentário ( Não Custa nada )

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

O Significado Da Flor de Laranjeira Nos Casamentos

As flores de laranjeira são um símbolo de amor eterno, pureza e fidelidade. Hoje em ...

10 dicas para não errar no planejamento do casamento

A chegada do tradicional mês das noivas intensifica as discussões sobre tendências em casamentos, com ...