Home » A Festa » 23 dicas para arrasar no bufê do casamento

23 dicas para arrasar no bufê do casamento

23 dicas para arrasar no bufê do casamento

São 23 dicas que todos os noivos precisam saber… Da escolha da empresa à escolha do menu ideal para cada estilo de casamento. Fiquem aqui porque vocês não vão se arrepender!

De doces: bolos, docinhos, chocolates, dragées, cupcakes, sobremesas, bem-casados. De salgados: coquetel, salgadinhos e jantar – com direito a entrada e prato principal. De quebra, um cafezinho para ajudar na digestão. E bebidas – alcoólicas e não alcoólicas – durante todo o evento. Ufa! Essas são apenas algumas das preocupações básicas que os noivos devem ter no checklist do bufê para a festa.

Obviamente existem muitas – e infinitas! – variações, afinal, ele deve estar em harmonia com o estilo de cada casamento. Mas um fato é certo: é preciso servir os convidados da melhor maneira possível! Por isso, veja as dicas que selecionamos para acertar em cheio nos “comes e bebes”.

♥ CLAUDIA PORTEIRO BUFFET

  • Antes de qualquer contratação, é muito aconselhável que os noivos façam uma degustação dos pratos oferecidos pela empresa.
  • Na hora de elaborar o cardápio, é fundamental considerar a estação do ano. Se no verão os cardápios combinam com itens mais refrescantes e coloridos, o inverno pede pratos quentes, que dão sensação de conforto.
  • Se existirem convidados estrangeiros, separem um espaço especial no cardápio para apresentar a eles pratos típicos brasileiros, como a coxinha gourmet, o bobozinho de camarão e até dadinhos de tapioca.
  • Para acertar no cálculo da bebida, sigam a seguinte matemática: uma garrafa de espumante ou champanhe para duas pessoas; uma garrafa de uísque para dez pessoas; uma garrafa de cerveja para duas pessoas ou três unidades long neck por pessoa.
  • Se a intenção é fazer a pista bombar, o serviço de menu degustação é a melhor opção, porque deixa os convidados à vontade para comer no momento e no lugar que quiserem.
  • Para festas contemporâneas, a tendência é montar um bar com todas as bebidas oferecidas: água, refrigerantes, cerveja (long neck é mais indicada), uísque, champanhe ou espumante, vinho tinto, vodca (servida com sucos de uva e lichia, por exemplo) e até cachaças.
  • Para as surpresas da madrugada, tostex, milk-shake, mini-hambúrguer, minitemaki e minichurros são opções modernas que também fazem o maior sucesso!
  • O conceito de food art show está com tudo! A ideia é trazer a cozinha para dentro da festa e preparar os pratos na frente dos convidados – que podem conferir cada ingrediente usado.
  • Encante os convidados após o jantar com ilhas de sobremesas. Além de deliciosas, elas proporcionam um impacto visual maravilhoso, difícil de resistir!
AMAR

Opção saudável para bufê de casamento - Foto Allisson RobertoOpção saudável para bufê de casamento - Foto Allisson Roberto

Minichurros para bufê de casamento - Foto Allisson RobertoMinichurros para bufê de casamento - Foto Allisson Roberto

Sobremesa para bufê de casamento - Foto Allisson RobertoSobremesa para bufê de casamento - Foto Allisson Roberto

♥ BALSAMICO BUFFET

  • Pesquisem informações sobre como a empresa contratada trabalha e se o estilo de gastronomia praticada por ela está de acordo com o que imaginam.
  • Analisem se todos os pontos tratados verbalmente estão inclusos no contrato, como o número de itens no coquetel, no jantar, nas sobremesas e comidinhas da madrugada. Verifiquem também se o numero de garçons prometido é o que reza em contrato, assim como o tipo de material que será utilizado (pratos, copos, talheres, etc…)
  • Bufê, decoração e espaço precisam se entender para trabalhar juntos. Por isso, é essencial que antes do fechamento do contrato, o bufê faça uma visita técnica ao local do evento e verifique suas instalações e estrutura.
  • Indiquem sempre ao bufê o perfil dos convidados (se a maioria é jovem ou idosa), a disposição das mesas (se a maioria ficará sentada ou em pé), e se, por algum motivo religioso, há alguma restrição alimentar. Todos esses fatores influenciam nas sugestões de cardápio que a empresa pode propor.
  • Optem por um menu balanceado, sem o uso excessivo dos alimentos. Hoje em dia é muito comum ter celíacos em eventos, então é necessário ter, dentro das escolhas, algum prato sem glúten e lactose, criando alternativas para todos os presentes.
  • No caso das bebidas do casamento, para o verão, a preferência vai para os vinhos brancos jovens ou rosés – que são mais frutados e elegantes –, assim como espumantes, drinques elaborados com frutas, e cervejas mais leves e menos encorpadas. Para o inverno, invistam sem medo no vinho tinto, conhaque, grappa e até vinho quente.
  • Tendências como o finger food estão com tudo! São opções fáceis de agradar e que trazem praticidade, já que os convidados podem degustar com ou sem o uso de pratos e talheres.

Opção de menu para coquetel de casamento - Fotos Nellie Solitrenick

♥ TONINHO MARIUTTI 

  • Procurem por empresas que tenham referências e, de preferência, que sejam indicadas por conhecidos. É indispensável que o bufê seja farto e tenha qualidade na hora de servir.
  • Leiam com muita atenção o contrato, atentando não só para número de funcionários do bufê, para o número de convidados acertado e o valor de horas extras, mas principalmente quanto será cobrado a mais por cada pessoa extra. A porcentagem deve ser aceitável!
  • O estilo de casamento influencia diretamente em qual tipo de comida e bebida serão servidas, por isso é imprescindível deixar bem claro o horário, o local e a época do ano que a festa será realizada.
  • Se o casamento for em um local aberto, o calor e o frio devem ser levados em conta tanto na cozinha, como na disposição do bufê pelo salão. Ar-condicionados são imprescindíveis para o verão, assim como lareiras para o inverno. Essas opções garantem uma boa produção dos pratos e também evitam que estraguem ou que percam a temperatura ideal.
  • Uma ilha gastronômica ou antepasto é uma superopção para recepcionar os convidados! Com petiscos como queijos e carnes leves, essa entrada garante conforto – já que ameniza a fome até o jantar ser servido – e também permite que, quem esteja atrasado, não perca o jantar, já que a novidade é servida normalmente durante as duas primeiras horas de festa.
  • “A comida é como roupa, tem hora certa de usar”. Por isso, para lugares frios, dê preferências a sopas, caldos e receitas cremosas, como a paella e o creme de cebola. Para lugares quentes, invistam em saladas, grãos, grelhados e pratos com toques orientais, já que são menos condimentados e trazem mais frescor.
  • Se o bufê do casamento for personalizado ou temático, garantam sempre que alimentos básicos também existem no menu, afinal, os pratos têm que agradar a todos os gostos.

Antepasto para bufê de casamento - Fotos Salvador Cordaro

Deixe um Comentário ( Não Custa nada )

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

x

Check Also

COMO ECONOMIZAR DINHEIRO LEVANDO MARMITA! – Receitas de Minuto

A Nath Arcuri alugou o Receitas de Minuto por um dia e ensinou 2 receitas ...

Bolo Cremoso de Coco